Blog

Novidades da Estética

Manchas e melasma no outono

No centro da imagem, uma mulher branca com cabelos escuros e curtos está sorrindo. Ela veste uma blusa de tricô branca e segura uma folha à frente de seu olho direito.

Durante o verão, os dias são mais longos e a incidência do sol é maior, assim, é normal que a pele fique mais exposta a ação dos raios solares. Mas quando essa exposição ocorre sem a proteção correta, as manchas e o melasma podem surgir pelo corpo e, principalmente, no rosto.  A boa notícia é que existem diversos tratamentos para atenuar esses problemas, e o outono é uma das estações mais favoráveis para isso. Saiba mais!

O que são as manchas e melasma?

Antes de entender os benefícios do tratamento das manchas e melasma no outono, é importante saber quais são as diferenças entre ambos. As manchas são abrangentes e possuem diversos tipos, como sardas, melanoses, ceratoses, manchas senis, entre outras. Algumas doenças podem propiciar o seu surgimento, por isso, é importante tratar as causas desses distúrbios.

Elas ocorrem devido a alterações anormais na pigmentação da pele que, na maioria dos casos, produz melanina em excesso como mecanismo de defesa. Quando são tratadas precocemente, elas pode ser quase que totalmente eliminadas.

O melasma também é um tipo de mancha de pele e sua causa não é totalmente conhecida pela ciência. Em geral, ele pode ser facilmente reconhecido quando surge, pois, são manchas em placas com limites bem demarcados e irregulares.

O tamanho é variável e pode até mesmo atingir uma porcentagem maior da pele do que as regiões sem manchas. O melasma afeta principalmente o rosto e é mais comum na região da testa, lábios, queixo, bochechas e nas têmporas.

Quais são as causas das manchas e melasma?

Uma das principais causas das manchas é a exposição prolongada ao sol. Quando a pele é atingida pelos raios solares, passa a produzir melanina como forma de proteção. Esse processo pode facilitar a desorganização dessas proteínas no organismo e causar manchas pigmentadas. Isso ocorre principalmente entre as pessoas que possuem tons de pele mais claros e a melhor forma de prevenção é a proteção solar.

Acne, alergias e outros tipos de doenças também podem propiciar o surgimento de manchas. Nesses casos, os procedimentos realizados na pele devem ser associados a tratamentos que corrijam a razão do distúrbio no organismo. 

A causa do melasma não é consenso entre a sociedade científica, mas alguns fatores podem facilitar a sua ocorrência. Sabe-se que ele surge devido à hiperpigmentação da pele e esse processo é mais comum durante a exposição aos raios ultravioletas. Além disso, a desregulação hormonal também é considerada um agente de risco. Hormônios como a progesterona estimulam a alta produção de melanina, e esse processo ocorre especialmente durante a gravidez.

Tratamentos para as manchas e melasma no outono

O outono é uma estação particularmente propícia para o tratamento de manchas e melasma, uma vez que, muitas dessas marcas podem surgir durante o verão devido à alta exposição solar. Quando o tratamento ocorre de forma precoce, a pigmentação é mais facilmente reversível. Além disso, o outono é uma estação com dias mais curtos e menor incidência solar, sendo favorável para os tratamentos que utilizam tecnologias a laser.

Em casos de melasma, a principal recomendação é optar por tratamentos que não agridem a pele e agem de forma mais leve. Esse tipo de mancha é altamente sensível e, dependendo do procedimento aplicado, pode sofrer um efeito rebote. Nele, a pele clareia de forma inicial, mas pouco depois pode apresentar manchas ainda mais pigmentadas.

Spectra™️ XT

Um dos procedimentos mais indicados para solucionar essas marcas é o laser Spectra™️ XT. Essa é a única plataforma do mundo com aprovação do FDA (Food and Drug Administration) para o tratamento de manchas e melasmas.

Esse laser, possui velocidade ultrarrápida e proporciona resultados imediatos e seguros. Ele não agride a pele e é elaborado para o tratamento de pigmentos, assim, evita o efeito rebote. A sua tecnologia oferece diferentes protocolos, como o “Spectra Lumina”, que reduz as manchas, trata o melasma e confere mais luminosidade e uniformidade à pele. 

Esse procedimento pode ser iniciado no outono e associado à proteção solar durante o restante do ano. O melasma é considerado crônico, e nem sempre é 100% removível, por isso é necessário um tratamento regular e contínuo. A Dra. Gianna nos conta um pouco mais sobre as machas e o melasma no vídeo abaixo. Confira!

Tratamento para Manchas e Melasma | Dra. Gianna Zaffari Frey

logomarca Clínica Dra. Gianna Zaffari Frey

Os principais procedimentos e novidades do universo da beleza são temas mensais de nossos artigos, visando informar, entreter e explicar as mais variadas dúvidas e técnicas estéticas.

Acompanhe nosso conteúdo exclusivo e fique à vontade para nos contar um pouco mais sobre os seus objetivos, assim como suas curiosidades! ?

Assine a Newsletter

Protocolos estéticos personalizados para você!

Agende uma avaliação e saiba mais sobre os tratamentos e protocolos estéticos mais indicados para potencializar suas características naturais.

Topo