Blog

Novidades da Estética

Conheça os tipos de ácido hialurônico e para que servem

A imagem mostra o rosto de uma mulher caucasiana. Ela tem olhos azuis e cabelos loiros presos em um rabo de cavalo. Ela olha para a frente, de perfil. O fundo da imagem é branco.

O ácido hialurônico possui diversas apresentações, e cada uma delas é recomendada para uma finalidade específica, gerando resultados distintos. Mas afinal, como identificar o tipo ideal para cada caso? E quais as principais diferenças entre as aplicações do ácido hialurônico? Confira o artigo e descubra!

O que é o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico (AH) é uma substância produzida naturalmente pelo organismo humano, com ativos altamente hidratantes e que estimulam a produção de colágeno. Ele é responsável por preencher os espaços entre as células e está presente nas articulações, no globo ocular e, em maior quantidade, na pele.

Assim como o colágeno e a elastina, o ácido hialurônico é afetado pelo envelhecimento e tem sua produção reduzida gradativamente após os 25 anos de idade. Desta forma, a pele passa a sofrer com o ressecamento, flacidez e perda de volume, que aumenta a cada ano.

Ácido hialurônico na estética

Os benefícios do ácido hialurônico são amplamente utilizados na estética. Nos tratamentos de skincare, a substância está presente em cremes hidratantes e soluções anti-idade, pois auxilia na retenção de umidade e ajuda a preencher linhas de expressão e rugas.

Quando se trata da aplicação profissional, o ácido hialurônico é aplicado de forma injetável e minimamente invasiva. Para preencher as rugas profundas, dar mais contorno ao rosto e devolver o volume perdido devido ao processo de envelhecimento.

Diferenças de densidade dos ácidos hialurônicos

Como o ácido hialurônico pode ser indicado para diversas queixas, é preciso que a substância tenha pesos moleculares e densidades diferentes. Mas o que isso significa? As opções mais densas são recomendadas para preenchimentos em locais mais profundos, pois resulta em alta volumização e definição (a técnica Top Model Look, e rinomodelação podem ser feitas com esse tipo de AH).

As soluções menos densas podem ser utilizadas para outras áreas, que precisam de resultados suaves, como os lábios e sulcos. Se o preenchimento labial for feito com ácido hialurônico denso demais, pode resultar em lábios extremamente projetados e “duros”, com o aspecto de bico de pato.

As linhas finas e olheiras demandam versões ainda mais suaves do ácido hialurônico para que o resultado seja mais natural. Além das versões citadas, o AH pode ser utilizado para hidratação, em diversas áreas do corpo. Nestes casos, têm a apresentação muito leve, chamados skinboosters.

Aplicações do ácido hialurônico no rosto

O ácido hialurônico pode ser indicado para diversos tipos de procedimentos, em sua maioria no rosto. Conheça a seguir as principais aplicações:

Efeito lifting e preenchimento

Com o avanço do envelhecimento, o rosto sofre com a reabsorção óssea, perda de gordura e afinamento da pele resultando na sensação de “derretimento” e  falta de definição. Com isso, as bochechas ficam caídas, a pele fica mais flácida e surgem os sulcos e linhas de marionete. O ácido hialurônico pode ser utilizado para devolver a estruturação à face, preenchendo as áreas que apresentam pouco volume e diminuindo o aspecto de derretimento com o efeito de lifting facial.

Para reestruturação da face, é indicado que o ácido hialurônico seja mais firme (como o Restylane® Lyft™). Já para os pacientes que possuem pele muito fina, o mercado dispõe de opções mais flexíveis, como o Restylane® Defyne e Juvederm®  Voluma.

Hidratação

Para a hidratação da pele, é possível investir em formulações mais suaves do ácido hialurônico, como os Skinboosters, formuladas para aumentar a hidratação, o viço e suavizar as linhas mais finas do rosto. A técnica de hidratação pode ser feita em qualquer área do corpo, como face, pescoço, colo e mãos.

Importância da escolha do material adequado

A aplicação de ácido hialurônico para preenchimento facial é uma das mais populares em clínicas de estética. A técnica pode ser feita para a harmonização, além da definição e valorização dos traços dos pacientes. A escolha do AH varia conforme as características da pele e o local de aplicação, cada paciente tem necessidades específicas e a escolha do material interfere sensivelmente nos resultados desejados. Não basta uma aplicação impecável se a escolha do material não for adequada para cada paciente.

 As principais diferenças entre cada ácido hialurônico

Agora que você já conhece mais sobre os diferentes tipos de ácido hialurônico, pode estar se perguntando sobre os detalhes de cada um. É por isso que a Dra. Gianna preparou um vídeo explicando a diferença entre as principais formulações da substância e quais são as indicações de cada um. Confira:

logomarca Clínica Dra. Gianna Zaffari Frey

Os principais procedimentos e novidades do universo da beleza são temas mensais de nossos artigos, para informar, entreter e explicar as mais variadas dúvidas e técnicas da área estética.

Acompanhe nosso conteúdo exclusivo e fique à vontade para nos contar um pouco mais sobre os seus objetivos e curiosidades!

Assine a Newsletter

Protocolos estéticos personalizados para você!

Agende uma avaliação e saiba mais sobre os tratamentos e protocolos estéticos mais indicados para potencializar suas características naturais.

Topo
Precisa de Ajuda? Fale Conosco!
dra gianna zaffari frey